segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Entenda melhor o caso Renan Calheiros vs. Dora Kramer

Bruxa

Agora que eu desatordoei do lance do Renan, pensem comigo:

— Ain, ele foi machista patriarcado falso moralista atacou mulher é covarde etcetc whiskas sachê pereré pão duro.

Sim. Ele foi tudo isso. PORQUE ESCOLHEU SÊ-LO NO MOMENTO DO TUÍTE. Assim como poderia ter escolhido ser defensor do feminismo e do comunismo norte-coreano e ainda se aliar aos incas venusianos. Entendam: RENAN TEM UMA ÚNICA IDEOLOGIA: ELE MESMO ACIMA DE TUDO E DE TODOS, E O RESTO QUE SE FODA.

— ele mandou recado pra jornalista (adoro substantivo comum-de-dois!), não A jornalista Dora Kramer, mas pra CLASSE DOS JORNALISTAS que cobrem política em Brasília e estão envolvidos em merda até o pescoço.

Também mandou recado pra desafeto, pra liderança do próprio partido no Senado (Ramez é pai de Simone Tebet, líder do MDB no Senado) e, ao falar em prótese, inda deu uma acenada ao Clã Biroliro (que obviamente não vai entender a indireta).

- o texto a que ele se referiu é um bom ponto de partida pra você pensar os significados do tuíte dele.

— ain, mas ele foi grosseiro! 

Sim, foi. Ele foi CALCULADAMENTE GROSSEIRO, porque ASSIM LHE CONVINHA. Isso ajudou a dar o tom da briga que ele tá comprando. Equivale aos inimigos sacarem armas convencionais e você mostrar uma bazuca.

Quando convier a ele ser afável, educado e defensor das mulheres, ele o será. E VCS TODOS VÃO CAIR NA LÁBIA DELE, PORRA!

Então parem de restringir o tuíte do Renan a machismo e grosseria, porque essa análise é INCIPIENTE E INCOMPLETA.

Agora vão cêistudo comprar guaraná que eu vou estourar mais pipocas.

Um comentário: