domingo, 3 de fevereiro de 2019

É necessário ir muito além da Unidade da Esquerda

Thomas de Toledo

Unidade da esquerda pra quê? 

1) para enfrentar o bolsonarismo, "Frente de Esquerda" é um gueto, que não chega a 1/3 dos votos no Congresso e, portanto, estará fadada a perder todas as votações. Logo, pra fazer oposição precisamos de uma "Frente Ampla". 

2) por mais que o PT e o PSOL se revindiquem como "esquerda", esses partidos são liberais. O PT é liberal na economia em sua defesa do tripé macroeconômico que o PSDB criou. O PSOL é liberal nos costumes ao priorizar a pauta dos direitos individuais, em detrimento da economia. 

3) a esquerda tradicional brasileira bebe da fonte do Nacional-Desenvolvimentismo e tem origem no trabalhismo de Vargas e Brizola, no socialismo de Arraes e no comunismo de Prestes e Amazonas. Mas isto ainda é pouco. Para derrotar o bolsonarismo, é necessário uma Frente Ampla com todos os setores democráticos, populares e nacionalistas, o que significa ir muito além da esquerda. 

Agora duas perguntas: será que o PT quer isto ou prefere brigar de hegemonismo com aliados históricos? Será que o PSOL quer isto ou quer ficar isolado pra vestir o manto de uma virgem vestal?

Nenhum comentário:

Postar um comentário